HOMENAGEADO DA SEMANA
Terezinha Fernandes Spínola

Conquistense de coração e por convicção - Terezinha Spínola é professora universitária e exerceu funções diplomáticas de natureza multilateral e bilateral em diversas partes do mundo.

Escritora - cadeira 19 da Academia Conquistense de Letras - além de publicações oficiais relacionadas com aspectos da política cultural brasileira e de matéria para jornais e revistas no Brasil e no exterior, escreveu A OBRA LITERÁRIA DE ANTONIO PRIETO, tese de doutorado, e os livros REFLEXÕES SEM ROTEIRO e A SOLIDÃO COM DEUS - O MISTICISMO DE SAN JUAN DE LA CRUZ.

Doutora em Filologia Românica, com diploma obtido após curso realizado em Madri (Espanha), escritora e pós graduada em Línguas Italianas na Universidade Italiana para Estrangeiros em Perugia (Italia), durante muito tempo exerceu suas atividades profissionais no Ministério das Relações Exteriores em Brasília. Seu trabalho no Ministério foi responsável por tornar-se cidadã do mundo, em virtude do grande numero de viagens feitas a diversos países em vários continentes, sempre como membro de delegações diplomáticas voltadas para a cultura. Nessas oportunidades, promoveu estudos e pesquisas sobre costumes e maneiras de viver de diferentes povos e nações, tornando-se uma grande conhecedora no assunto.

Atualmente por opção vive em Salvador numa gostosa casa perto do mar. Dedica quase que integralmente o seu tempo no cuidado de seus entes queridos, infelizmente poucos, após a partida prematura de seus pais e irmãos. Seus animais domésticos, constituem outra sua grande paixão, a quem dedica atenção, cuidado e amor.

Sua paixão pela literatura a tornou uma escritora culta, e seus livros publicados oferecem uma didática cuidadosa, sobre acontecimentos, situações e lugares, possuindo uma maneira gostosa de "prender" seus leitores, entretendo-os agradavelmente.

Como são gostosas as "viagens" que nos são proporcionadas em tardes amenas na varanda de sua casa. Ela nos relata com graça e inteligência, de forma detalhada e precisa, experiências, às vezes bem curiosas e pitorescas, vividas em suas andanças pelo mundo.

Hoje, boa parte de seu tempo, é dedicado prazerosamente à doce tarefa de cuidar de seus amigos, sempre muito atenta em ouvir pacientemente seus problemas, nunca negando acolhida, carinho e sábios aconselhamentos. Há anos possui um gostoso sitio na Praia de Buraquinho e lá só passou duas curtíssimas temporadas, pois o mesmo está sempre em uso de seus amigos, quando os mesmos estão de visita à Bahia. A cessão do sitio é sempre feita com despojamento, alegria e prazer de servir.



Publicidade

  • slide1
  • slide2
  • slide3

Vídeos



  • slide1
  • slide1
  • slide3
  • slide4