HOMENAGEADO DA SEMANA
Valéria Vidigal

Valéria formou-se em Economia Doméstica, na Universidade Federal de Viçosa (MG), onde conheceu Gianno Brito, engenheiro agrônomo, também de tradicional família de cafeicultores, com quem veio a se casar, mudando-se para Vitória da Conquista (BA) em 1992. Seu marido já comercializava alguns de seus trabalhos na Bahia e, quando para lá se mudaram, a artista abriu uma galeria de arte e escola de pintura, foi colaboradora de rádio, televisão e jornal, e continuou a pintar seus quadros. Hoje, com três filhos, Rafaela, Isabela e Renato, formam uma família de cafeicultores.

Como marchant durante oito anos e professora de pintura durante 15 anos, a artista adquiriu mais maturidade e segurança, e isto ficou expresso em suas telas desde então. Hoje, Valéria é reconhecida em diversas partes do Brasil, participa de exposições em eventos sobre café de nível internacional e tem quadros em países como Suíça, Itália, Portugal, Estados Unidos, México e Venezuela.

Ilustradora renomada e reconhecida de capas de livros científicos sobre café, teve sobre ela matérias especiais em publicações como o Anuário Brasileiro do Café 2007, Revista do Café, L'ESPRESSO e outras.

A experiência pedagógica trouxe à Valéria Vidigal ainda mais maturidade e critério, cujo resultado se pode acompanhar pela evolução do seu trabalho. Sua técnica tornou-se mais exigente com o passar dos anos, e ela é definida pela busca do naturalismo, pelo rigor com perspectiva, pelo trato da luz, e também pela sensibilidade estética nas composições. Tem sua obra catalogada no Anuário Brasileiro de Artes Plásticas e sua história está incluída na publicação do editor Antonio Carlos Moreira, o livro "História do café no Brasil".

Em janeiro de 2003, a artista decide assumir como tema unicamente o café. Não obstante toda a sua história ter estado ligada a esta cultura em suas diversas formas, Valéria teve uma experiência marcante, que foi um contato com o pai, de quem recebeu uma mensagem espiritual, e esta experiência teve um impacto e uma influência muito fortes sobre a sua decisão. A partir daí, com este direcionamento temático, Valéria tem obtido efeitos cada vez mais apurados. A ponderação dos traços passa a refletir maturidade para reconhecer o essencial na pintura, para ela, sua própria vida.



Publicidade

  • slide1
  • slide2
  • slide3

Vídeos



  • slide1
  • slide1
  • slide3
  • slide4