PENSE NISSO...
Dia Nacional de Luta contra a violência à mulher

10 de Outubro é Dia Nacional de Luta contra a violência à mulher. A data foi criada em 1980, como desdobramento de um movimento nacional realizado em São Paulo, em protesto contra o índice crescente, em todo o país, de crimes contra as mulheres.

Caracteriza-se como violência contra a mulher “qualquer ato ou conduta que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública quanto na privada, é considerado violência."

Para punir agressores, a Lei Maria da Penha traz a criminalização da violência contra a mulher desde 2006, prevendo responsabilização dos agressores, que normalmente estão inseridos no ambiente familiar.

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), na última segunda-feira (07), a violência contra as mulheres tem tomado ares de barbárie, contra os quais é imprescindível o combate efetivo, permanente.

Para se ter uma idéia, o levantamento registrou que o tráfico de mulheres teve elevação de 1547% no primeiro semestre de 2013, se comparado com 2012. Em 34% dos casos, as vítimas corriam risco de morte. Nos 90 casos denunciados de tráfico de pessoas dentro do país, 64 eram sobre exploração sexual, 25 exploração de trabalho e uma de adoção.

Para combater esse tipo de realidade, é que a FASUBRA Sindical procura envolver o conjunto dos TAEs nas discussões combate à violência contra alertando sobre a necessidade de denunciar os casos através do Ligue 180 e ressaltando a criminalização de agressores prevista na Lei Maria da Penha.



Publicidade

  • slide1
  • slide2
  • slide3

Vídeos



  • slide1
  • slide1
  • slide3
  • slide4